Seja bem vindo(a) a nossa página

SOS - Hospital Veterinário

Ha mais de 10 anos oferecendo o melhor em saúde para seu melhor amigo.

SOS HOVET

Dirigido e estruturado pelo Dr. Márcio de Queiroz Arantes (CRMV ES 0650) e Dra. Jyzana Sanglard Carvalho Arantes (CRMV ES 0651), o SOS HOSPITAL VETERINÁRIO é equipado com o que há de melhor no mercado veterinário nas áreas de clínica, cirurgia e anestesiologia, internação e cuidados intensivos.

Contamos com ambientes climatizados, 02 recepções, 04 consultórios, laboratório, sala de preparo para o paciente, sala de paramentação, centro cirúrgico completo e equipamentos de anestesiologia veterinária de última geração para que seu melhor amigo tenha um atendimento eficiente e diferenciado, além de quarto de plantonista, sala de esterilização, internação setor cães e internação setor gatos, central de oxigenioterapia, ambulatório, lavanderia, área de banho e tosa para os animais internados e cozinha.

Profissionais capacitados e em constante atualização

Buscamos sempre o melhor para nossos pacientes através do atendimento especializado, feito por médicos veterinários competentes e honestos que integram a equipe do SOS Hospital Veterinário.

Tratamento Especial

Visamos o atendimento humanitário, ou seja, no SOS HOSPITAL VETERINÁRIO nossos pacientes recebem cuidados com muita responsabilidade, atenção, carinho e conforto.

Parceria com especialistas de outros estados

Buscando uma medicina veterinária séria, cada vez mais evoluída e humana, firmamos parcerias importantes com vários médicos veterinários especializados de outros estados do Brasil oferecendo mais qualidade em nosso serviço.

Atendimento 24h todos os dias

Nossos médicos veterinários e funcionários plantonistas acompanham os pacientes internados 24hs e estão à disposição para os atendimentos de emergência em qualquer horário.

Serviços com excelência

Cães, Gatos, Animais Silvestres e Exóticos

Nosso objetivo é oferecer a nossos pacientes o que há de melhor no mercado médico veterinário nos setores de cirurgia, anestesiologia, internação e cuidados intensivos. Nossas especialidades aqui no SOS Hospital Veterinário se encontram em nosso centro cirúrgico e setores de internação.

Estrutura Moderna

Equipado com mesa pantográfica, foco de teto, eletro cautério, aspirador cirúrgico, bombas de infusão, monitor multiparamétrico, aparelho de anestesia inalatória, repirador, cilindros de oxigênio, ultrassom e polidor para tratamentos periodontais, doppler vascular, equipamentos para criocirurgias e instrumentais cirúrgicos de primeira linha, nosso centro cirúrgico está disponível 24hs para nossos pacientes. Dispomos ainda de sala de esterilização com autoclave, além da sala de preparo do paciente e uma outra para preparo da equipe cirúrgica.

Consultas e Exames

Oferecemos também o serviço de clínica médica através de consultas (agendadas ou não em casos de urgências), vacinas importadas (déctupla canina, quádrupla felina, quíntupla felina, giardiavax, bronchiguard, leishmune e anti-rábica), realização de exames laboratoriais que são de fundamental importância na clínica de pequenos animais, internação e cuidados intensivos.

Internação

Nossa área é dividida em internação para cães e para gatos. Sabemos das diferenças comportamentais entre estas espécies, o que nos motivou a separar os setores de internação. Tantos os canis quantos os gatis são individuais, construídos em alvenaria para maior conforto dos pacientes. As baias são amplas e higienizadas várias vezes ao dia. Dispomos de baia com oxigenioterapia e UTI com monitoramento. Temos a disposição de nossos pacientes bombas de infusão, incubadora, sistema de aquecimento e refrigeração e muitos outros equipamentos que viabilizam um serviço de excelência, aliados a competência e preparo de nossos profissionais.

Precauções necessárias

Não internamos animais portadores de doenças com alto potencial infectocontagioso como cinomose, evitando assim que o HOVET seja um disseminador de doenças para os pacientes que o frequentam.

A união faz a força

Prestamos serviço de cirurgia, anestesiologia, internação e cuidados intensivos para outros médicos veterinários que trabalham com clínica médica ou outras especialidades. Firmando assim, fortes parcerias com vários clínicos de pequenos animais do estado.

Galeria de fotos

Equipe Especializada

Dr Márcio Arantes

CRMV-ES 0650

Clínica geral e cirurgias, especializado em cirurgia de tecidos moles e criocirurgia. Chefe do setor de clínica e cirurgia.

Dra Jyzana Arantes

CRMV-ES 0651

Clínica Geral
Anestesiologia e Controle da Dor.
Chefe do setor de emergência.

Dra Carolina Giuberti

CRMV-ES 1863

Clínica médica geral e
endocrinologia.

Dr Eduardo Lazaro

CRMV-ES 1935

Clinica e cirurgia
de animais silvestres e exóticos.

Dr Alice Rassele

CRMV-ES 1690

Oncologia.

Dra Erica Baffa

CRMV-ES 1124

Clínica médica de felinos, emergência e internista.

Dr Fabricio Pagani

CRMV-ES 483

Clínica médica e cirúrgica, especializado em cirurgia ortopédica. Emergências e internista.

Dra Camila Paulino

CRMV-ES 1995

Anestesiologia.

Dra Jacquelyne Motta

CRMV-ES 1327

Neurologia.

Dr Daniel Bressiane

CRMV-ES 1852

Patologia clínica, exames laboratoriais.

Dra Kristher Robleto

CRMV-ES 708

Oftalmologia.

Dr Gustavo Cancian Bajotto

CRMV-ES 485

Ortopedia e neurocirurgia.

Dra Tatiana Sacchi

CRMV-ES 557

Cardiologista.

Equipe Especializada

de plantonistas

Clínicos gerais, cirurgiões e anestesistas que se revezam 24hs 7 dias da semana.

DICAS IMPORTANTES

Uso da Criocirurgia em Cães e Gatos

O termo criocirurgia designa o uso do frio e a diminuição da temperatura da região para tratar uma determinada doença ou sintoma. Também conhecida como “terapia pelo frio”, a criocirurgia abrange um conjunto de técnicas utilizado por várias especialidades médicas e há alguns anos também tem se difundido na medicina veterinária de pequenos animais. Usada principalmente nas áreas de dermatologia e oncologia veterinária, a “cirurgia por congelamento” ajuda no tratamento de nódulos de pele e também de órgãos como fígado, além de muito usada em tumores de cavidade oral.
Para esta técnica utilizamos o nitrogênio líquido a – 196°C, o que provoca o congelamento das lesões por redução da sua temperatura para muito abaixo de zero, o que leva a destruição do tecido doente. A aplicação é feita com equipamento específico que inclui: botijão para armazenamento de nitrogênio líquido, pistola e ponteiras de diversos tamanhos e formatos. No campo dermatológico esta técnica é utilizada desde 1851, ano em que surgiu o primeiro equipamento de criocirurgia quando o criógeno usado foi o gás carbônico, que chegava a uma temperatura de -79°C e por isso seu uso se restringia a lesões bem superficiais. Na década de 60 iniciou-se a construção dos primeiros aparelhos que aplicavam o nitrogênio líquido oferecendo uma boa penetração do congelamento na pele, então a técnica começou a ser difundida e mais estudada.
Hoje utilizamos a técnica de criocirurgia no SOS HOSPITAL VETERINÁRIO com bastante segurança e eficácia em vários tratamentos, principalmente em gatos com carcinoma de face (tumores em ponta de orelha e região de narinas), tumores de boca e de pele e após retirada cirúrgica de alguns tumores como no fígado (assim destruímos as células neoplásicas na região do tumor após a sua excisão cirúrgica). O procedimento deve ser acompanhado por um anestesista veterinário já que pode envolver desde um simples botão anestésico local (para tumores de pele por exemplo) até uma anestesia geral mais complexa (em caso de cirurgias abdominais).
É uma técnica muito usada para animais idosos, cardiopatas ou com problemas respiratórios, já que para pequenos nódulos de pele podemos trabalhar somente com anestésico local (diminuindo o risco anestésico) e o proprietário acompanha o procedimento segurando seu animal, transmitindo-lhe calma e segurança no ambiente hospitalar. Não envolve uso de bisturi e na grande maioria das vezes não há sangramento.
Em caso de dúvidas ou esclarecimentos, marque uma avaliação para seu melhor amigo ou nos procure. Temos todo aparato e equipamentos necessários para execução da técnica que trouxemos para o ES há seis anos e desde então trabalhamos com a criocirurgia para aumentar o conforto e sobrevida dos pacientes que chegam até nós.

Por: Dr. Márcio Arantes
Cuidados com as fêmeas gestantes

O pré natal assim como para a mulher, é muito importante também para as cadelas e gatas.
Com uma gestação relativamente curta (em torno de 60 dias desde o acasalamento até o nascimento) não há necessidade de muitos exames, apenas um exame de sangue básico (hemograma, bioquímicas hepáticas e renais) e dois ultrassons na maioria das vezes, um aos 40 ou 45 dias de vida e outro próximo a data do parto, se houver distocia (trabalho de parto prolongado ou ausência de sinais de parto) é necessário um terceiro exame de imagem para decidir pela cesariana e avaliar a viabilidade dos fetos.
Doenças simples, mas importantes como a erlichiose (transmitida pela picada do carrapato e muito comum em nosso estado) levam a má formação fetal, morte fetal e partos distócicos. Muitas vezes a mãe não apresenta nenhum sinal clínico, não apresenta alterações de comportamento nem apetite, mas está portando a doença que é transmitida para os fetos via placenta levando a prejuízos para mãe e ninhada. Um simples hemograma pode detectar esta e outras doenças.
Os cuidados com a fêmea devem começar antes da gestação, na escolha do macho e na verificação do estado de saúde da futura mamãe (vacinas e vermífugo em dia não podem faltar). É importante ressaltar que algumas raças raramente tem parto normal devido as suas características anatômicas, como os braquicefalicos (pugs, buldogues, shih tzus, ...) que possuem cabeça grande e larga, dificultando ou impossibilitando a saída dos filhotes pelo canal do parto, nestes casos, você como tutor deve saber para onde levar sua cadelinha em caso de uma cesariana de urgência. Deve ser uma clínica ou hospital veterinário com equipamentos e equipe competente e numerosa (no mínimo quatro profissionais) para cuidar da fêmea na mesa de cirurgia e dos filhotinhos que necessitam sempre de cuidados especiais como aquecimento e oxigenioterapia quando nascidos por parto cesárea.
Tomando estes cuidados a chance de sobrevivência de toda ninhada chega a mais de 70%. Estamos a sua disposição para qualquer esclarecimento com uma equipe experiente que trabalha 24 horas por dia em prol da saúde e bem estar dos nossos melhores amigos.

Por: Dra. Jyzana Arantes
Doenças de fígado em cães

É crescente o número de pacientes caninos que tem uma doença hepática diagnosticada no SOS HOVET atualmente. As queixas dos tutores são as mais variadas, eles relatam que seus melhores amigos apresentam principalmente: falta de apetite, vômitos (na maioria das vezes de coloração esverdeada) ou ânsia de vômitos, perda de peso, prostração e aumento de volume abdominal.
O fígado é um órgão de extrema importância, dentre muitas funções ele é responsável pela liberação e armazenamento de glicose, armazenamento de minerais e vitaminas, ele também produz fatores responsáveis pela coagulação sanguínea, emulsifica as gorduras e funciona como um filtro, retendo e excretando as impurezas e toxinas do organismo.
Como é um órgão com capacidade regenerativa, na maioria dos casos quando os pacientes mostram algum sinal clinico relacionado a doença hepática, o quadro já é avançado e a destruição das células do fígado já aconteceu em grande quantidade.
Dentre as principais doenças estão as intoxicações (por medicamentos, plantas, corantes, etc...), infecções bacterianas, traumas, dieta desequilibrada, obesidade, diabetes, tumores e doenças em vesícula biliar.
Na maioria das vezes o tratamento das hepatopatias envolve alteração na dieta e medicações orais. Quando nos deparamos com tumores (ou neoplasias) de fígado, que tem se apresentado em grande número em nossos pacientes, após o exame clínico, exames complementares de imagem e de sangue podemos fechar o diagnóstico e encaminhar o paciente para a equipe cirúrgica que deve possuir experiência e equipamentos adequados para realização destas cirurgias minuciosas que na maioria das vezes são delicadas e envolvem um planejamento prévio. Alguns pacientes precisam de transfusão sanguínea durante ou após a cirurgia, assim, também é de extrema importância uma estrutura física e de corpo clinico competente para acompanhar estes cães no pós cirúrgico imediato.
O sucesso do tratamento depende muito da ajuda do tutor, já que envolve dieta especifica e medicações em horários corretos por algumas semanas ou meses em alguns casos.
Fique ligado nas mudanças de hábitos e comportamentos dos seus melhores amigos. Quanto antes as hepatopatias forem diagnosticadas, melhor é o resultado e a sobrevida do paciente. Estamos a disposição 24horas por dia, 7 dias por semana, se precisar é só chegar.

Por: Dra. Jyzana Arantes

Contato

Venha nos fazer uma visita,
temos sempre um café fresquinho te esperando.

Rua João Cipreste Filho, 52, Praia das Gaivotas
Vila Velha - ES / CEP: 29102-584

-----------------

(27) 3058 1114
(27) 3339 0541
(27) 98806-4423